“Tivemos um candidato lançado de última hora”, afirma Alberes Lopes ao comentar derrota de Marcelo Gomes na disputa pela prefeitura de Caruaru

O ex-vereador de Caruaru, Alberes Lopes (PDT), atual secretário do Trabalho, Emprego e Qualificação de Pernambuco, comentou o resultado eleitoral que reconduziu a prefeita Raquel Lyra (PSDB) para o comando da Capital do Agreste. Para o mesmo, alguns desencontros no campo da oposição garantiram a expressiva vitória da tucana na cidade. 


Para o secretário, atrapalhou o fato do PSB ter lançado uma candidatura de última hora a prefeitura. "Em Caruaru tivemos um candidato lançado de última hora, isso atrapalhou muito, porque o PSB e nem os partidos da oposição trabalhavam com essa perspectiva”, disse o mesmo durante entrevista concedida ao programa Cidade em Foco e para o Blog do Alberes Xavier


De acordo com Alberes Lopes, os ex-prefeitos Tony Gel (MDB) e Zé Queiroz (PDT) que se preparavam para serem candidatos à prefeitura, acabaram não entrando na empreitada devido a questões relacionadas a saúde. Tal cenário, para o mesmo, atrapalhou os planos que a oposição na cidade tinha para a eleição. "Nem Tony Gel, nem Zé Queiroz, foram candidatos e estavam sendo preparados para isso. Ai entrou Marcelo (Gomes) de última hora, sem ter se preparado para a disputada majoritária”, avaliou. 


Para o secretário, Marcelo Gomes (PSB) que foi candidato a prefeito não teve o tempo necessário para construir um projeto competitivo e isso contribuiu para a vitória acachapante de Raquel Lyra. "O cenário de Caruaru mudou totalmente quando você apresenta um candidato que não se preparou para ser prefeito. Marcelo está preparado tecnicamente para ser prefeito de Caruaru, seria um grande prefeito, mas politicamente ele não se preparou. Isso fez com que Raquel corresse sozinha", afirmou.